Logo Prefeitura de Salvador

Rentabilidade da carteira de investimento do FUMPRES supera média nacional

Publicado: 3 de fevereiro de 2023

No ano de 2022 os institutos tiveram rentabilidade média de 7,65%. No mesmo período o Fundo Municipal de Previdência do Servidor alcançou a marca de 10,88%, superando em 3,23% o resultado médio dos RPPS de todo o país. A análise foi feita através de média simples de todas as carteiras da amostra analisada.

Com base nos dados fornecidos pela Crédito e Mercado Consultoria e pela LEMA Consultoria foram analisadas as informações da carteira de investimentos de 588 Institutos de Previdência Própria de todo o Brasil durante os meses de Janeiro a Dezembro de 2022.

No ano de 2021 a maioria dos RPPS (95%) tiveram retorno de suas carteiras individuais entre 3,39% e -2,29%. E em 2022 um total de 51,02% dos institutos tiveram rentabilidade entre 5% e 9%. 2,72% dos institutos analisados estão com seus rendimentos negativos.

Outro ponto de destaque do RPPS de Salvador é referente a meta atuarial. O ano de 2022 foi o primeiro na história da previdência municipal em que a meta foi superada. Além de atingir a meta do ano, o FUMPRES conseguiu superar o número.

Estabelecida através do estudo atuarial, essa meta é o valor mínimo que o RPPS tem que rentabilizar com seu patrimônio para que não haja um aumento do déficit atuarial, quando existe déficit na análise de risco e expectativa.

A taxa da meta atuarial é fixada em percentual somado ao IPCA do ano e a taxa do FUMPRES em 2022 foi de 9,8%. Já o resultado obtido pelo Fundo ao final do ano passado foi 10,88% de rendimentos efetivos, o que resulta em 111% da meta estabelecida. 

Para Rosevaldo Carvalho, Gestor da Unidade de Contabilidade e Recursos do RPPS, o resultado positivo obtido pelo Fundo é fruto de uma soma de fatores. “A nossa rentabilidade em 2022 foi realmente um grande resultado, que alcançamos seguindo a política de investimentos do RPPS, diversificando a carteira e estando sempre atentos as mudanças no mercado, para garantir que os recursos estivessem nas melhores aplicações, a exemplo dos fundos de investimentos, títulos públicos e Letras Financeiras.”, disse o gestor.

“2022 foi realmente um grande ano para a previdência de Salvador, e os resultados na área de investimentos, que resultaram na superação da meta atuarial, só reforçam que estamos no caminho certo. Tratamos com muita seriedade a gestão do FUMPRES e a nossa área de investimentos é composta por uma equipe muito preparada. Seguiremos empenhados em bater metas e alcançar os melhores retornos possíveis, com o objetivo maior de seguir entregando transparência, segurança e equilíbrio aos segurados do FUMPRES.”, concluiu Daniel Ribeiro, Diretor Geral de Previdência.

Fonte: Ascom

Com dados do site Investimentos RPPS

Comitiva da ABIPEM é recebida pelo ministro da Previdência Social, Carlos Lupi

Publicado: 2 de fevereiro de 2023

Na tarde do dia 01 de fevereiro, uma comitiva da ABIPEM teve audiência com o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, e com o Secretário de Previdência de Regimes Próprios e Previdência Complementar, Paulo Roberto, na sede do Ministério, em Brasília. Este foi o primeiro encontro oficial entre a associação e a nova gestão responsável pela previdência social.

Durante a conversa, foi entregue uma carta apresentando a ABIPEM ao novo gestor, além de  algumas demandas relacionadas ao universo dos RPPS, como: a necessidade de uma Lei de Responsabilidade Previdenciária, pontos ligados ao PASEP e ao COMPREV, ademais da quebra de paradigma quanto a uma única previdência do servidor, dentre outros temas.

Segundo o presidente da ABIPEM, João Figueiredo, durante a conversa, que durou mais de um hora, foi possível “abrir várias portas e janelas para que a gente possa aproveitar essa interlocução, essa visão democrática que o ministro teve conosco. A visão de participação que onde ele nos abriu a possibilidade. Sabemos que temos muito o que enfrentar, mas em nome dos Regimes Próprios do Brasil fizemos hoje um grande trabalho. Tenho certeza disso”, afirmou.

Ao final da conversa, o ministro destacou a abertura do diálogo entre a pasta e a ABIPEM: “Nós vamos ter o diálogo permanente e a porta sempre aberta para parcerias e atividades. É fundamental cuidar com zelo e com transparência daquilo que é o patrimônio de quem, às vezes, leva uma vida inteira para construir. Vou procurar, na prática, fazer o que for possível para ser um bom parceiro de vocês. Obrigado”, assegurou Lupi.

Além do presidente da ABIPEM, integram a comitiva André Goulart, vice-presidente da ABIPEM; Daniel Leandro Boccardo, Primeiro Tesoureiro; Audrey Suelen Brito Mila Suplente Vice Presidente Nordeste; Daniel Ribeiro Suplente Conselho Fiscal; Luana Ortega Piovesan, Vice-Presidente Região Centro-Oeste; Márcio Apolinário, Vice-Presidente Sul.

Para o novo Secretário de Previdência de Regimes Próprios e Previdência Complementar a visita da ABIPEM foi bastante positiva: “tivemos hoje a honra de receber, junto ao ministro Carlos Lupi, a comitiva da ABIPEM onde reforçamos a parceria que o Ministério sempre teve no fortalecimento de Regimes Próprios e temos certeza que vamos avançar bastante e será um ano de grandes conquistas!”

O encontro foi um grande momento para a ABIPEM, onde foram iniciadas as primeiras conversas com os gestores do Executivo para apresentar as pautas necessárias para a manutenção da sustentabilidade e governança dos Regimes Próprios brasileiros. A constituição deste diálogo é prioritária tanto para o Ministério da Previdência quanto para os RPPS. Receber e poder contar com esse apoio, com essa parceria é gratificante e ajuda a ABIPEM a continuar o trabalho de difundir a cultura previdenciária nos Regimes Próprios de Previdência Próprios.

Durante a conversa, foi entregue um documento com as demandas que pode ser acessado aqui.

Representantes das estaduais marcam presença

Abaixo, depoimento dos e das representantes de algumas das associações estaduais que estiveram na audiência com o ministro Lupi e as suas impressões:

André Goulart, da AMIPREM

“Saímos otimista com a maneira que fomos recebidos pelo ministro e de uma forma muito especial colocamos a ABIPEM, com todas as suas ferramentas, com toda a sua estrutura, à disposição do Ministério.”

Daniel Leandro Boccardo, da APEPREM 

“Fico muito honrado de ter sido convidado e fazer parte dessa comitiva a qual trouxe os anseios dos Regimes Próprios. A gestão de um Regime Próprio não é fácil no dia a dia e a ABIPEM prontamente já trouxe e protocolou um ofício junto ao ministro para mostrar para ele algumas preocupações do dia a dia dos regimes próprios.”

 Daniel Ribeiro, da ABEPREM 

“Participei aqui, juntamente com a comitiva da ABIPEM, no primeiro encontro com o novo ministro da previdência, Carlos Lupi, e também com o secretário de regimes próprios Paulo Roberto. Estamos trazendo algumas demandas dos RPPS do país e colocando a ABIPEM à disposição para trabalhar em conjunto com o Ministério. Para dar andamento ao trabalho de melhorias das gestões RPPS que já vêm sendo conduzidas pelo anterior Ministério da Previdência. E a gente sai daqui com uma expectativa muito positiva desse encontro, onde o Ministério se colocou totalmente à disposição para trabalhar.”

Audrey Suelen Brito Mila, da ANORPREV

“A gente veio hoje em comitiva pela ABIPEM para nos reunir com o ministro Carlos Lupi e fomos muito bem recebidos. A reunião contou com diversas pautas trazidas pelo nosso presidente João Figueiredo e com uma perspectiva de boas soluções no futuro.”

Luana Ortega Piovesan, da APREMAT 

“Estamos aqui na comitiva da ABIPEM, nesse importante momento decisório para alinhamento do que vai ser o novo Governo Federal e para nós. Eu, como representante de um município de uma região que não está nos grandes centros, isso é muito importante. É importante a atuação da ABIPEM em defesa dos RPPS e o ministro foi muito receptivo. Acredito que a gente tem pautas que vão ser atendidas, até porque elas são de extrema relevância, elas fortalecem a governança nos municípios e isso, para nós, enquanto gestores de vidas futuras dos nossos servidores públicos, é de suma importância.”

Márcio Apolinário, da APEPREV

“Estamos aqui, juntamente com a equipe da ABIPEM, numa primeira reunião com o ministro da Previdência, o qual é muito importante nessa reunião, principalmente para os nossos RPPS do estado do Paraná. Juntamente com a ABIPEM estamos aqui  num diálogo trazendo as nossas reivindicações. Fomos muito bem atendidos pelo ministro e esperamos colher bons frutos dessa nossa primeira conversa e que o Ministério da Previdência tenha essa visão aos Regimes Próprios de Previdência. E, para nós, é muito gratificante ouvir o ministro colocando a secretaria para nos atender. E que o Ministério continue trazendo esse suporte aos nossos RPPS.”

Fonte: ABIPEM – Associação Brasileira de Instituições de Previdência Estaduais e Municipais

Calendário do pagamento dos servidores públicos municipais – Exercício 2023

Publicado: 30 de janeiro de 2023

Publicado no DOM 8.464 de 30 de janeiro de 2023 – Clique para ver o calendário no DOM

FUMPRES passa por auditoria para renovar certificação

Publicado: 27 de janeiro de 2023

Encerrou hoje a auditoria que garantiu a renovação do certificado Pró-Gestão Nível III para o RPPS municipal. A certificação federal foi obtida pelo Fundo Municipal de Previdência do Servidor em fevereiro do ano passado, e a auditoria realizada ontem e hoje faz parte do processo para renovação do certificado, que ocorre anualmente.

A auditoria de supervisão, como é chamada, funciona como forma de fiscalização dos entes, para garantir se as boas práticas de gestão que culminaram na obtenção do título seguem sendo adotadas, seguindo o padrão exigido pelo Ministério da Previdência, através do manual do programa de certificação.

Para Daniel Ribeiro, Diretor Geral de Previdência de Salvador, a certificação representa um importante marco para o RPPS, e a manutenção desse certificado só reforça para os segurados e sociedade a seriedade com que é tratada a previdência municipal na capital baiana. “O RPPS de Salvador vem sendo destaque nacional nos últimos anos, e para nós é sempre uma grande alegria receber esse reconhecimento. Cada conquista alcançada aumenta nossa motivação para seguir fazendo mais pelo FUMPRES. Fomos certificados no nível III ano passado e agora, com a conclusão da auditoria de supervisão, já temos a renovação do certificado, validando todo trabalho que vem sendo realizado. Daqui pra frente nosso foco é profissionalizar e aperfeiçoar ainda mais as práticas de gestão, para no próximo ano avançarmos no programa para o nível IV”, disse o gestor.

O pró-gestão – Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios (Portaria MPS nº 185/2015, alterada pela Portaria MF nº 577/2017). De acordo com seu manual, o Pró-Gestão RPPS tem por objetivo incentivar os RPPS a adotarem melhores práticas de gestão previdenciária que proporcionem maior controle dos seus ativos e passivos e mais transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade. O documento ressalta ainda que a implantação das boas práticas de gestão inseridas nas ações que compõem os três pilares do Programa (Controles Internos, Governança Corporativa e Educação Previdenciária), contribuirá para a profissionalização na gestão dos RPPS, a qualificação de seus dirigentes e a introdução de padrões de qualidade nos processos de trabalho e permitirão maior estabilidade na gestão e consolidação de avanços.

Modernização – O Programa Pró-Gestão recebeu o Selo Ouro no Moderniza Brasil, pelo eixo temático “Capacidade do Estado Moderno”. Essa temática contempla iniciativas relacionadas ao desenvolvimento de capacidades (aprimoramento do capital humano, da governança pública e da infraestrutura do Estado, para atuar de modo ágil e eficiente) e aos Processos de Trabalho (que visa a redução de falhas, custos, o aumento da produtividade e eficiência, e a entrega de valor ao cidadão). O Selo da Modernização é um dos instrumentos da Política Nacional de Modernização do Estado (PNME) e tem como objetivo reconhecer iniciativas de modernização e incentivar instituições a participarem da Agenda Nacional para Modernização do Estado.

Fonte: Ascom

Salvador avança nas ações para aposentados e pensionistas do Município

Publicado: 24 de janeiro de 2023

Nesta terça-feira (24) é celebrado o Dia Nacional do Aposentado e da Previdência Social. Em Salvador, a Prefeitura tem realizado diversas ações nos últimos anos para dar mais segurança, comodidade e qualidade de vida aos cerca de 9,6 mil aposentados e pensionistas do Município.

Através da Diretoria-Geral de Previdência, uma das principais iniciativas realizadas tem sido a ampliação e digitalização dos serviços realizados junto ao Fundo Municipal de Previdência Social (Fumpres). A maior parte, a exemplo de simulação de benefício, emissão de certidões, prova de vida e abertura de processos, pode ser feita pelo site ou pelo aplicativo de celular Meu RPPS. No ano passado, 83% das provas de vida foram feitas pelo app e mais de 1,6 mil processos eletrônicos foram gerados, com economia de mais de 1,7 milhão de folhas de papel.

Outra frente importante no âmbito do Regime Próprio de Previdência tem sido a preocupação com os períodos pré e pós-aposentadoria. Como parte dessa atenção, o Fumpres criou o Viva a Vida, projeto que visa promover o fortalecimento de vínculos entre aposentados e pensionistas do Município. São realizados encontros mensais com diferentes temáticas, diálogos, atividades, oficinas educativas e ações de conscientização.

Segundo o diretor-geral do Fumpres, Daniel Ribeiro, o Viva a Vida tem uma importante missão de aproximar os aposentados e pensionistas. “A gente entende que dentro da educação previdenciária, o servidor precisa se preparar para se aposentar e também pensar no que ele vai fazer após a aposentadoria, momento em que ele terá direito ao descanso. Então o Viva a Vida surge com esse propósito de promover mais qualidade de vida no pós-aposentadoria por meio do fortalecimento de vínculos, de temáticas terapêuticas e comportamentais”, explica.

Ouvidoria e certificação profissional – O Fumpres também criou uma ouvidoria setorial, em 2021, para fortalecer a relação e a escuta com o aposentado. Por meio desse canal de acesso, o beneficiário pode tirar dúvidas, pedir informações, fazer elogios e enviar sugestões de melhorias. Uma pesquisa de satisfação mostra que atualmente 97% dos usuários aprovam a qualidade dos serviços prestados.

Outro dado de destaque diz respeito à certificação profissional. Atualmente, o fundo conta com 100% dos membros do conselho fiscal e comitê de investimento certificados e 87,5% da diretoria executiva do fundo também possui a certificação.

Boas práticas – Como reflexo de toda a modernização de serviços promovida pelo órgão, em novembro de 2022, Salvador ficou em 2º lugar na categoria capital, se destacando mais uma vez entre as melhores gestões de Regime Próprio de Previdência Social do Brasil. Nos últimos dois anos, a capital baiana recebeu dez premiações nacionais reconhecendo as boas práticas da gestão.

“As nossas ações têm como principais objetivos promover mais comodidade, segurança e qualidade de vida aos servidores inativos do Município, além da sustentabilidade do regime, que dá tranquilidade ao servidor em saber que vai receber o benefício dele sem problema, sem atrasos. Iniciativas como essas têm feito Salvador se destacar nos últimos anos como referência de previdência”, pontua Daniel Ribeiro.

História – Enquanto a Previdência Social brasileira completa 100 anos em 2023, tendo como marco a Lei Eloy Chaves, o Regime de Previdência Próprio do Município é um pouco mais antigo, com 130 anos de implementação, por meio da resolução n° 14 de 15 de abril de 1893, autorizando o intendente a criar o Montepio obrigatório para os empregados municipais.

Fonte: SECOM – Secretaria de Comunicação

FUMPRES dá início às atividades de capacitação anual

Publicado: 19 de janeiro de 2023

Aconteceu hoje uma capacitação em gestão previdenciária e atuarial, promovida pelo Fundo Municipal de Previdência do Servidor. O encontro foi dividido em duas turmas e aconteceu na Secretaria Municipal de Gestão. Pela manhã estiveram presentes conselheiros do conselho fiscal e deliberativo, além do comitê de investimentos, e membros da diretoria executiva do FUMPRES. Pela tarde, reuniram-se pra a capacitação alguns servidores municipais e equipe da Diretoria de Previdência.

Os encontros foram conduzidos por Mario Rattes, atuário que presta consultoria para o regime próprio de previdência de Salvador. Para Rattes, a iniciativa do FUMPRES de promover esse tipo de conteúdo é essencial, principalmente porque auxilia os segurados a avaliar o desempenho da gestão do órgão. “Falamos sobre gestão atuarial dos RPPS e previdência complementar. Dois temas muito importantes, principalmente para o segurado acompanhar a gestão do RPPS através dos instrumentos atuariais, como a avaliação atuarial, e acompanhar a saúde financeira tanto no curto quanto no longo prazo. Entendendo os conceitos que trabalhamos no evento você consegue entender algumas decisões que são tomadas na gestão para manter o equilíbrio financeiro e atuarial do regime. O evento nos permitiu levar informações tanto para os dirigentes quanto segurados sobre como é que está a previdência deles”, disse o consultor.

Agnaldo Podestá, servidor municipal, elogiou o evento e pontuou o aprendizado adquirido. “Participar dessa capacitação foi muito importante pois pudemos perceber quais são os vários desafios que os regimes próprios de previdência enfrentam, como o assunto previdência é algo complicado e como é importante que de fato o município conte com um corpo de pessoal verdadeiramente capacitado pra lidar com todas as adversidades”, comentou ele.

Para a equipe da diretoria de previdência, essas atualizações anuais auxiliam no trabalho desempenhado diariamente, pois dão uma visão mais ampla de aspectos atuariais que impactam no resultado do RPPS como um todo. “Gostei muito do curso, ele ampliou a minha visão sistêmica em relação a previdência e me fez entender também o porquê da escolha da segregação de massa, entre fundo financeiro e fundo previdenciário, que foi a melhor escolha para a previdência de salvador”, revelou Mirian Santos, que atua na gerência de previdência.

Plano de Capacitação Anual – esse evento faz parte do plano de Capacitação Anual do FUMPRES. De acordo com o Daniel Ribeiro, diretor geral de previdência, o órgão disponibiliza todo ano uma série de capacitações e treinamentos para a equipe da diretoria e para os servidores municipais. “Temos uma grande preocupação com educação previdenciária, por isso todo ano realizamos uma série de atividades tanto para o público interno quanto para os servidores em atividade. Esse é o segundo ano que abordamos a gestão atuarial no nosso plano e o tema é sempre bem recebido por todos, especialmente por se tratar de um ponto relevante para a garantia da segurança previdenciária”, sinalizou o gestor.

Fonte: Ascom

COMUNICADO – Prova de Vida 2023

Publicado: 4 de janeiro de 2023

Previdência municipal encerra 2022 com modernização dos serviços

Publicado: 3 de janeiro de 2023

A modernização dos serviços foi um dos principais destaques das atividades do Fundo Municipal de Previdência do Servidor (Fumpres) em 2022 e que resultaram, inclusive, em quatro premiações nacionais quanto à gestão de governança e investimentos. Além disso, até novembro, o Fumpres atingiu mais de 100% da sua meta atuarial e concluiu mais de 250 processos, que resultaram na concessão de benefícios previdenciários. Outro ponto positivo foi o percentual de satisfação com atendimento, que teve mais de 97% de aprovação dos beneficiários. 

O diretor geral do Fumpres, Daniel Ribeiro, afirma que tem sido realizado um trabalho constante de renovação da previdência municipal desde 2017 e, ano a ano, estão sendo colhidos os frutos. “As premiações nacionais, o reconhecimento que temos tido, só reforça que estamos no caminho certo de transparência, segurança e equilíbrio. Em novembro, fomos convidados a palestrar no congresso nacional de conselheiros para contar a história do Fumpres, então isso mostra que somos referência em boas práticas nesse âmbito. Fomos a primeira capital a realizar prova de vida totalmente digital na pandemia e, mesmo com restrições, modernizamos a previdência e a tendência é melhorar”. 

Demais ações – Dentre os maiores desafios enfrentados pela pasta em 2022 foi a conclusão do processo de auditoria, que resultou na certificação do Fumpres no nível III do programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios – Pró Gestão. Outras experiências relevantes vivenciadas em 2022 foram a retomada dos encontros presenciais com o grupo Viva a Vida, início do projeto “Previdência Itinerante”, e avanço no ISP da classificação C para B. Todas impactam direta e positivamente nos aposentados e pensionistas. 

O grupo Viva a Vida é um importante trabalho realizado pela equipe de Serviço Social do órgão, que busca resgatar o vínculo do serviço social com os idosos do regime de previdência municipal, promovendo a inclusão social através da execução de atividades cognitivas, físicas e oficinas educativas interativas e ações de conscientização sobre a vida após a aposentadoria. No início da pandemia, em 2020, as atividades foram suspensas, e em 2021 os encontros aconteceram de modo virtual, por videochamada. 

O projeto-piloto “Previdência Itinerante”, por sua vez, foi idealizado para integrar os órgãos municipais com o Fumpres, identificando eventuais variáveis que interferem na instrução e no andamento processual, o que possibilitará uma maior celeridade na concessão do benefício. O Indicador de Situação Previdenciária (ISP) foi estabelecido pela Secretaria de Previdência Social e avalia os aspectos relacionados à transparência e gestão, situação financeira e de atuação do regime próprio de previdência. 

No âmbito de tecnologia, o órgão destaca o quantitativo de provas de vida realizadas pelo aplicativo e o total de processos eletrônicos gerados em 2022. Ao todo, 83% das provas de vida foram feitas pelo app e mais de 1,6 mil processos eletrônicos foram gerados, com economia de mais de mais de 1,7 milhão de folhas de papel. 

Qualificação da equipe – Outro dado destacado pelo Fumpres diz respeito à certificação profissional. Atualmente, o fundo conta com 100% dos membros do conselho fiscal e comitê de investimento certificados e 87,5% da diretoria executiva do fundo também possui a certificação. 

“É um orgulho muito grande ver todo o trabalho e legado que está sendo construído. A intenção é crescer e evoluir sempre e cada vez mais, buscando manter a sustentabilidade do regime e prestar um serviço de excelência para os nossos segurados e beneficiários”, declarou Ribeiro.

Fonte: SECOM – Secretaria de Comunicação

Pró-Gestão-RPPS recebe Selo Ouro do Moderniza Brasil

Publicado: 3 de janeiro de 2023

Premiação reconhece iniciativas de modernização no âmbito da Administração Pública Federal

Programa Pró-Gestão, da Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), recebeu o Selo Ouro no Moderniza Brasil, pelo eixo temático “Capacidade do Estado Moderno”. Essa temática contempla iniciativas relacionadas ao desenvolvimento de capacidades (aprimoramento do capital humano, da governança pública e da infraestrutura do Estado, para atuar de modo ágil e eficiente) e aos Processos de Trabalho (que visa a redução de falhas, custos, o aumento da produtividade e eficiência, e a entrega de valor ao cidadão).

O Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios (Pró-Gestão RPPS) tem por objetivo incentivar os regimes a adotarem melhores práticas de gestão, que proporcionem maior controle dos seus ativos e passivos, além de maior transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade. O sistema confere uma certificação da gestão dos RPPS como um todo, avaliando os processos e órgãos com quatro níveis de classificação, que é conferida por entidades certificadoras reconhecidas pela comissão do programa. A adesão ao Pró-Gestão é facultativa.

O Fórum Nacional de Modernização do Estado é um órgão colegiado que assessora a Presidência da República na implementação, monitoramento e avaliação da Política Nacional de Modernização do Estado (PNME), ou Moderniza Brasil.

O Selo da Modernização é um dos instrumentos da Política Nacional de Modernização do Estado (PNME) e tem como objetivo reconhecer iniciativas de modernização e incentivar instituições a participarem da Agenda Nacional para Modernização do Estado.

Fonte: Ministério da Previdência

Nota de pesar🖤

Publicado: 19 de dezembro de 2022

© 2022 Copyright: Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SEMIT)
Skip to content